quinta-feira, junho 30

Cabelo

Eu tinha jurado a mim mesmo não tocar nesse assunto por esses espaços, mas está ficando difícil. Então beleza, vamos lá. Mas será coisa rápida e o mais abstrato possível.

Que cabelo é algo crucial numa pessoal, isso é inegável. Cabelo define estilo, define personalidade e desenha o rosto.
Agora, que o cabelo defina se a pessoal é normal ou linda, bonitinha ou ridícula, aí já é demais. Beira o absurdo, mas beira para o lado de lá, ultrapassando seus limites, já.
O normal é a pessoa ficar de bonita para bonita e com o estilo mais parecido com seu gosto. Mas a pessoa sempre foi bonita, independente do cabelo, afinal o rosto e o corpo é o mesmo.
Não consigo entender de outra forma. E isso, confesso, tem ocupado uma boa parte de meus pensamentos. É por isso que resolvi colocar, aqui, algo sobre o assunto, sobre minha indignação.
Porra, isso é uma palhaçada! Chega a ser ofensivo, até!!
Não agüento mais, mas não tenho como fugir. Minha esperança é que, aos poucos, as pessoas a minha volta se acostumem e isso cesse e eu possa voltar a me camuflar na multidão, apesar de meus 1,90.

Desculpem-me pelo desabafo, mas as vezes isso enche o saco e eu precisava desabafar com o único ser que me entenderá sem me julgar por isso: meu blog.

2 comentários:

  1. Pq vc cortou o cabelo?
    Radical e contraditório...

    ResponderExcluir
  2. Cortei por isso mesmo. Sempre fui radical. Sempre fui uma contradição só.

    ResponderExcluir