segunda-feira, dezembro 12

Chatice

Chato não é discutir política, futebol ou religião. Discutir política, futebol e região é gostoso, se você é uma pessoa sadia mentalmente, sensata, racional (ao menos o suficiente para não deixar a paixão influenciar na sua colocação) e apreciadora de um bom papo, sabendo que um bom papo só ocorre quando há duas opiniões divergentes.
Ler em um blog ou em em sua caixa de entrada algo sobre política, futebol ou religião não é chato tão pouco. Aliás, ler qualquer coisa sobre esses assuntos será sempre bom e importante para fermentar suas opiniões sobre esses temas, conhecer as demais opiniões e repensar sobre tudo, analisando os pontos fracos de seu argumento e os pontos forte do argumento adversário para, quem sabe, criar uma terceira opinião, evoluir, crescer.
Então o que afinal, sobre esses temas, é são chato?
Chato é não se interessar por política, acima de tudo. É não estudar e analisar política, e ainda assim votar em um candidato que você acredita ser o certo só porque você acredita, baseado em nada, porque você não discute, não lê, não fala, se cala.
Chato é a atual situação política do Brasil porque a maioria da população acha política uma coisa chata e não lê, não conversa, não se expõe, e acaba elegendo sempre os mesmo bobalhões porque são eles que aparecem mais na mídia, então, mesmo sem ler, conhece-se alguns nomes e vota-se neles, afinal é tudo que se sabe sobre.
Chato é saber que ainda tem muito tucano no Brasil, mesmo depois de oito anos de governo aliado ao PFL de ACM (aliás, chato é o ACM, seu passado e saber que ele ainda tem eleitores Brasil afora).
Chato é saber que aliança que está sendo reconstruída entre o PSDB e o PFL, graças Serra e ACM Neto, provavelmente, definirá o futuro presidente do Brasil.
Chato é viver numa país onde PSDB e PFL ainda tem votos.
Chato é ler tudo que se lê sobre o catolicismo e saber que o Brasil ainda é um país católico (lê-se retrógrado)
Chato é esse sentimento estranho, misto de ansiedade, angústia, alegria, euforia, tensão, paixão, medo e nervosismo que começou ontem, ficará muito intenso na quarta-feira pela manhã e, se tudo correr bem, atingirá seu ápice no Domingo, só porque eu torço pelo melhor time do Brasil.
Chato é saber que o São Paulo é o melhor time do Brasil.

3 comentários:

  1. Dani Tricolor14/12/05 20:47

    E que sofrimento, hein amigo? Agora vamos preparar o coração pro domingo! É TRI. Color... :D

    ResponderExcluir
  2. Saber que Romeu Queiroz escapou de ser cassado pela Câmara dos Deputados, mesmo recebendo 350 mil reais da agência de publicidade SMP&B, além de recursos da Usiminas, para cx 2. Isso realmente, é muito chato.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Ah, Sta. Realmente. Isso é tão chato, que desisiti. Tinha até desistido do blog, um pouco. Quercia em S. Paulo, outra coisa chata.
    Tá difícil acreditar no Brasil.

    Dani, não penso em outra coisa. Tá difícil. Tá difícil.

    ResponderExcluir