quarta-feira, abril 6

Dor. Dor? Dor!

....A dor de dente, insuportável dor, não é insuportável por ser no dente. É insuportavel por ser constante, em um lugar, ou situação na qual nada podemos fazer. Se a dor no dente não fosse constante, aguda e infalível - exceto pelas mãos de um dentista - não seria tão insuportável.
....Você suporta uma mordida? Não.
....Porém quando a boca se abre e os dentes afrouxam sua pele, a mordida alivia a dor e você suporta o incômodo que a mordida lhe causou.

....E se a mordida fosse constante, numa força razoavelmente doída e contra a qual você não pudesse fazer nada?
....E se a borracha que segura seus óculos caírem deixando o aço exposto e permanentemente pressionado contra sua pele e você não pudesse tirar os óculos sobre o risco de ficar "cego"?
....E se o cheiro D'Ela não saísse de minha cabeça? Opa! Peraí!
....O cheiro dela não me sai da cabeça, mas é algo contra o qual eu não luto. Não me incomoda. Até dói, de uma certa forma, em um certo ponto do dia. Mas é uma dor aconchegante.

Dor. Bom ou ruim?
Depende do ponto de vista. Depende da situação.

2 comentários:

  1. Vc está com dor de dente e não falou nada?!?!?!?!
    Vá ao dentista logo!

    ResponderExcluir
  2. Hahahahahhaah...
    Não estou com dor nenhuma no dente.

    ResponderExcluir